15 posts prontos de parvovirose para suas redes sociais

Novos posts de parvovirose toda semana!

Turbine suas redes sociais com os posts do Ahazou
tenha posts ilimitados

categorias disponíveis

posts de parvovirose mais recentes

💉 Vacina: as vacinas V8 e V10 previnem, entre outras doenças, a parvovirose, o que reforça ainda mais sua importância. 🐶🐶 Contato: evite que o seu cachorro tenha contato com animais e materiais contaminados e seja exposto ao mesmo ambiente em que vive ou viveu um animal com a doença. 🐾 Filhotes: antes de concluir a vacinação (pelo menos 21 dias após a 3ª dose da vacina), não é recomendado levar seu filhote a locais abertos, pois isso aumenta o risco de contrair não só a parvovirose, como também outras doenças, como a cinomose. 💧 Limpeza: limpe o ambiente em que o cachorro vive com água sanitária, um dos poucos produtos que mata o resistente parvovírus, e água quente. Além disso, procure descartar os objetos do cão infectado, mas não sem antes lavá-los com água fervente. Lembre-se que, ao ir para o lixo, o material ainda vai entrar em contato com pessoas e animais e pode transmitir o vírus. #parvovirose #caes #ahazoupet #cuidados #doencas
A parvovirose é uma doença que se manifesta de duas formas. A mais comum, é um problema gastrointestinal grave causado por um vírus extremamente contagioso. A outra forma da doença ataca o coração ao causar uma miocardite aguda. O vírus da parvovirose ataca além do intestino, a medula óssea, onde se produzem as células do sangue. É por isso que, além da perda de sangue pelas fezes, a doença causa anemia intensa, deixa o interior das pálpebras e gengiva pálidos (mucosas pálidas) e causa a queda da imunidade o cachorro. O contágio do parvovírus ocorre através do contato com cachorros, fezes ou vômito infectados. Acontece principalmente entre filhotes e cachorros jovens por terem ainda a saúde e a imunidade baixa ou por não terem recebido ainda todas as vacinas. Cachorros adultos não vacinados também estão mais propensos a serem infectados pelo vírus da parvovirose. #parvovirose #caes #ahazoupet #cuidados #doencas
A parvovirose é uma doença que se manifesta de duas formas. A mais comum, é um problema gastrointestinal grave causado por um vírus extremamente contagioso. A outra forma da doença ataca o coração ao causar uma miocardite aguda. O vírus da parvovirose ataca além do intestino, a medula óssea, onde se produzem as células do sangue. É por isso que, além da perda de sangue pelas fezes, a doença causa anemia intensa, deixa o interior das pálpebras e gengiva pálidos (mucosas pálidas) e causa a queda da imunidade o cachorro. O contágio do parvovírus ocorre através do contato com cachorros, fezes ou vômito infectados. Acontece principalmente entre filhotes e cachorros jovens por terem ainda a saúde e a imunidade baixa ou por não terem recebido ainda todas as vacinas. Cachorros adultos não vacinados também estão mais propensos a serem infectados pelo vírus da parvovirose. #parvovirose #caes #ahazoupet #cuidados #doencas
💉 Vacina: as vacinas V8 e V10 previnem, entre outras doenças, a parvovirose, o que reforça ainda mais sua importância. 🐶🐶 Contato: evite que o seu cachorro tenha contato com animais e materiais contaminados e seja exposto ao mesmo ambiente em que vive ou viveu um animal com a doença. 🐾 Filhotes: antes de concluir a vacinação (pelo menos 21 dias após a 3ª dose da vacina), não é recomendado levar seu filhote a locais abertos, pois isso aumenta o risco de contrair não só a parvovirose, como também outras doenças, como a cinomose. 💧 Limpeza: limpe o ambiente em que o cachorro vive com água sanitária, um dos poucos produtos que mata o resistente parvovírus, e água quente. Além disso, procure descartar os objetos do cão infectado, mas não sem antes lavá-los com água fervente. Lembre-se que, ao ir para o lixo, o material ainda vai entrar em contato com pessoas e animais e pode transmitir o vírus. #parvovirose #caes #ahazoupet #cuidados #doencas
💉 Vacina: as vacinas V8 e V10 previnem, entre outras doenças, a parvovirose, o que reforça ainda mais sua importância. 🐶🐶 Contato: evite que o seu cachorro tenha contato com animais e materiais contaminados e seja exposto ao mesmo ambiente em que vive ou viveu um animal com a doença. 🐾 Filhotes: antes de concluir a vacinação (pelo menos 21 dias após a 3ª dose da vacina), não é recomendado levar seu filhote a locais abertos, pois isso aumenta o risco de contrair não só a parvovirose, como também outras doenças, como a cinomose. 💧 Limpeza: limpe o ambiente em que o cachorro vive com água sanitária, um dos poucos produtos que mata o resistente parvovírus, e água quente. Além disso, procure descartar os objetos do cão infectado, mas não sem antes lavá-los com água fervente. Lembre-se que, ao ir para o lixo, o material ainda vai entrar em contato com pessoas e animais e pode transmitir o vírus. #parvovirose #caes #ahazoupet #cuidados #doencas
A parvovirose é uma doença que se manifesta de duas formas. A mais comum, é um problema gastrointestinal grave causado por um vírus extremamente contagioso. A outra forma da doença ataca o coração ao causar uma miocardite aguda. O vírus da parvovirose ataca além do intestino, a medula óssea, onde se produzem as células do sangue. É por isso que, além da perda de sangue pelas fezes, a doença causa anemia intensa, deixa o interior das pálpebras e gengiva pálidos (mucosas pálidas) e causa a queda da imunidade o cachorro. O contágio do parvovírus ocorre através do contato com cachorros, fezes ou vômito infectados. Acontece principalmente entre filhotes e cachorros jovens por terem ainda a saúde e a imunidade baixa ou por não terem recebido ainda todas as vacinas. Cachorros adultos não vacinados também estão mais propensos a serem infectados pelo vírus da parvovirose. #parvovirose #caes #ahazoupet #cuidados #doencas
Quando filhotes, os cães precisam receber mais doses de vacinas. Chamadas “reforço”, elas garantem a total imunização dos pets depois que perdem os anticorpos passados pela mãe. Existem vacinas que podem ser aplicadas a partir dos 30 dias de vida. O mais habitual, porém, é usar, a partir dos 45 dias de vida, as seguintes vacinas: V6 (contra cinomose, parvovirose, hepatite infecciosa canina, parainfluenza, coronavirose e adenovirose tipo II), V8 (contra todas as doenças anteriormente citadas na V6 e dois tipos de leptospirose), V10 (contra todas as doenças da V6 e quatro tipos de leptospirose), V11 (contra todas as doenças contidas na V6 e cinco tipos de leptospirose) ou V12 (contra as da V6 mais seis tipos de leptospirose) em duas a quatro aplicações com intervalos de 21 a 30 dias entre elas. 💉 Outras vacinas recomendadas para cachorros: - Vacina anti-rábica deve ser aplicada a partir do quarto mês de vida e reaplicada anualmente - Vacina contra leishmaniose, zoonose (doença transmissível ao ser humano) - Vacinas contra gripe canina - Vacina contra giardíase O tipo de vacina a ser utilizada deve ser escolhido pelo médico veterinário do pet levando em conta seu estilo de vida e tipo de contato que tem com outros animais. #medicinaveterinária #médicoveterinário #ahazoupet #pet #pets #AhazouPetlove
veja mais de 15 posts de parvovirose disponíveis
sugerir post ou categoria