207 posts prontos de Non-Sporting Group para suas redes sociais

Novos posts de Non-Sporting Group toda semana!

Turbine suas redes sociais com os posts do Ahazou
tenha posts ilimitados

categorias disponíveis

posts de Non-Sporting Group mais recentes

Altos, esbeltos, brancos com manchas pretas pelo corpo? Claro que você me conhece, eu sou tão famoso que até a Disney fez um clássico sobre mim, “101 Dálmatas”. Não sei ao certo a minha origem, mas em 1888 minha raça foi oficialmente registrada pelo American Kennel Club, que é onde eles classificam as raças e tornam elas oficiais. Somos ativos que só! Acho que é por isso que geralmente os bombeiros costumam ter um de nós, né? Também somos amorosos e brincalhões, até com as crianças! Só não temos muita paciência com os bebês, eles puxam a gente, daí a gente não gosta muito. E já que estamos falando de bebês… reconhecemos que somos bastante peraltas quando filhotes, é muita energia, sabe!? Por isso saiba que em algum momento vai ter algum chinelo roído. hehe... Ah! E você sabia que somos conhecidos por convivermos bem com cavalos? É no ano de 1800 acompanhávamos as carruagens reais para proteger os cavalos e também porque somos muito elegantes, o que dava um up no cortejo real. E outra coisa, prometo que é a última! Não existe duas tramas de manchas iguais na nossa raça, é quase como uma digital. Legal né?! #Dálmata #Cães #LoucosporCachorros #Pets #Dicas #AhazouPet
Os termômetros vêm batendo recordes com a chegada do verão e a tendência é que aumente a sensação de calor. Os pets são quem mais sofrem com as altas temperaturas. E nessa época, aumentam os casos de HIPERTEMIA. A #hipertemia é caracterizada pelo aumento excessivo da temperatura corporal do cachorro. Cuidado: ela pode levar à óbito! Os cães braquicefálicos (os de focinhos curtos) são predispostos a terem. Entre outras coisas, a hipertermia pode causar Prostação, Edema pulmonar, Convulsão, Parada cardíaca, Perda de consciência e óbito. Algumas das causas frequentes são: Exposição a altas temperaturas, Excesso de exercícios físicos e Obesidade. Alguns dos sintomas que podem ser observados: O animal fica ofegante, Língua muito vermelha, assim como a parte interna das orelhas, O cachorro fica fraco, Andar cambaleante, Salivação em abundância, Confusão mental, Olhar vidrado, Convulsões, Vômito, Diarréia. Algumas medidas podem ser tomadas de forma preventiva para que isto não aconteça ao seu cãozinho. Evitar passeios longos, Não fazer passeios em horários em que a temperatura esteja elevada devido à radiação solar, mantê-lo sempre hidratado, leve água para os passeios, mesmo dentro de casa, deixe as brincadeiras mais agitadas para depois do por do sol. DICA IMPORTANTE: O ventilador pode ser um aliado para combater o calor excessivo também nos pets, bem como os tapetes gelados. Nos Cães de pelagem curta pode ser colocado uma toalha úmida no chão para o cãozinho poder se refrescar. NUNCA DEIXE O CÃO DENTRO DO CARRO SOZINHO. #dicapet #calor #ahazou #dicadeverao #dogstagram #lifedog #verao2019

posts de Non-Sporting Group mais usados

Se você é daqueles que não consegue resistir à carinha do seu bichano pedindo comida, preste atenção nessa lista de alimentos que podem colocar em risco a saúde dos animais. A digestão de cães e gatos é diferente da nossa e “comidas humanas” podem provocar indigestão, intoxicação e outros problemas de saúde. 1. Leite e derivados Como não produzem altas quantidades de lactase, enzima que auxilia na digestão da lactose do leite, cães e gatos desenvolvem intolerância ao alimento. Quando ingerido, o leite pode provocar dores abdominais, náusea e diarreia. 2. Chocolate e doces O chocolate contém teobromina, um derivado do cacau que leva à intoxicação grave e até à morte. Já os doces, ricos em açúcar, não só são calóricos: em excesso, podem tornar os pets obesos e diabéticos. Além disso também são responsáveis por formação de tártaro, cáries e até perda do dente. 3. Cebola e alho Ambos possuem uma substância chamada dissulfeto de n-propil que gera intoxicação grave pois altera a hemoglobina, provocando a destruição de glóbulos vermelhos, além de poder levar à icterícia e perda de sangue pela urina. Caso o quadro não seja tratado rápido, o animal pode falecer. 4. Uvas e passas Não há uma explicação com comprovação científica, mas há relatos na medicina veterinária mostrando cães que morreram após ingerir esse tipo de alimento por falência renal. 5. Café e chá preto Contêm alcaloides neurotóxicos, como as xantinas, que podem significar alterações cardíacas e neurológicas. É importante evitar o acesso do animal às xícaras dessas bebidas que às vezes são esquecidas pela casa. 6. Frutas cítricas e outras As frutas mais ácidas causam problemas digestivos, por isso devem ser evitadas. No geral, as frutas podem ser oferecidas, com cuidado especial para maçã, já que as sementes são altamente tóxicas para cães e gatos, pois carregam um composto conhecido como cianogênico-cianida – com poder de alterar o processo de respiração celular dentro do organismo do animal, causando palidez das mucosas, taquipneia, taquicardia, náuseas, vômito, convulsões e até a morte. Em excesso, as frutas podem engordar os animais por serem ricas em frutose, um tipo de açúcar. 7. Doces dietéticos Aqueles adoçados com xilitol podem causar danos hepáticos e até a morte em cães mais sensíveis. Isso inclui balas, biscoitos, entre outros. 8. Abacate Contém o ácido persin que pode provocar vômito e diarreia no cão. 9. Tomate e batata O tomate verde contém glicoalcalóides que são tóxicos para o cão, e a batata, principalmente a inglesa, é rica em solanina, que pode causar depressão no sistema nervoso central e distúrbios gastrointestinais. 10. Noz macadâmia Tem uma toxina desconhecida que pode afetar os músculos, o sistema digestivo e o sistema nervoso dos cães. Já foram registrados casos de paralisia 11. Massas cruas de pão ou bolo O fermento presente nessas massas resulta em gases no trato digestivo do animal, causando dor e desconforto pela distensão do estômago ou das alças intestinais. 12. Ossos de aves cozidos O cozimento altera a estrutura do colágeno, tornando esse tipo de osso mais duro. Se o animal ingerir, corre o risco de ter uma perfuração gastointestinal, além de trazer dificuldades na digestão. 13. Frituras e alimentos gordurosos Pizza, queijos, batata frita e outros itens da alimentação humana não só causam um desarranjo intestinal como podem levar à pancreatite, inflamação do pâncreas que pode acabar em morte do animal. #pet #cachorro #gato #alimentação #ahazoupet
visualização em grid

posts de Non-Sporting Group pra engajar seu público

Se você é daqueles que não consegue resistir à carinha do seu bichano pedindo comida, preste atenção nessa lista de alimentos que podem colocar em risco a saúde dos animais. A digestão de cães e gatos é diferente da nossa e “comidas humanas” podem provocar indigestão, intoxicação e outros problemas de saúde. 1. Leite e derivados Como não produzem altas quantidades de lactase, enzima que auxilia na digestão da lactose do leite, cães e gatos desenvolvem intolerância ao alimento. Quando ingerido, o leite pode provocar dores abdominais, náusea e diarreia. 2. Chocolate e doces O chocolate contém teobromina, um derivado do cacau que leva à intoxicação grave e até à morte. Já os doces, ricos em açúcar, não só são calóricos: em excesso, podem tornar os pets obesos e diabéticos. Além disso também são responsáveis por formação de tártaro, cáries e até perda do dente. 3. Cebola e alho Ambos possuem uma substância chamada dissulfeto de n-propil que gera intoxicação grave pois altera a hemoglobina, provocando a destruição de glóbulos vermelhos, além de poder levar à icterícia e perda de sangue pela urina. Caso o quadro não seja tratado rápido, o animal pode falecer. 4. Uvas e passas Não há uma explicação com comprovação científica, mas há relatos na medicina veterinária mostrando cães que morreram após ingerir esse tipo de alimento por falência renal. 5. Café e chá preto Contêm alcaloides neurotóxicos, como as xantinas, que podem significar alterações cardíacas e neurológicas. É importante evitar o acesso do animal às xícaras dessas bebidas que às vezes são esquecidas pela casa. 6. Frutas cítricas e outras As frutas mais ácidas causam problemas digestivos, por isso devem ser evitadas. No geral, as frutas podem ser oferecidas, com cuidado especial para maçã, já que as sementes são altamente tóxicas para cães e gatos, pois carregam um composto conhecido como cianogênico-cianida – com poder de alterar o processo de respiração celular dentro do organismo do animal, causando palidez das mucosas, taquipneia, taquicardia, náuseas, vômito, convulsões e até a morte. Em excesso, as frutas podem engordar os animais por serem ricas em frutose, um tipo de açúcar. 7. Doces dietéticos Aqueles adoçados com xilitol podem causar danos hepáticos e até a morte em cães mais sensíveis. Isso inclui balas, biscoitos, entre outros. 8. Abacate Contém o ácido persin que pode provocar vômito e diarreia no cão. 9. Tomate e batata O tomate verde contém glicoalcalóides que são tóxicos para o cão, e a batata, principalmente a inglesa, é rica em solanina, que pode causar depressão no sistema nervoso central e distúrbios gastrointestinais. 10. Noz macadâmia Tem uma toxina desconhecida que pode afetar os músculos, o sistema digestivo e o sistema nervoso dos cães. Já foram registrados casos de paralisia 11. Massas cruas de pão ou bolo O fermento presente nessas massas resulta em gases no trato digestivo do animal, causando dor e desconforto pela distensão do estômago ou das alças intestinais. 12. Ossos de aves cozidos O cozimento altera a estrutura do colágeno, tornando esse tipo de osso mais duro. Se o animal ingerir, corre o risco de ter uma perfuração gastointestinal, além de trazer dificuldades na digestão. 13. Frituras e alimentos gordurosos Pizza, queijos, batata frita e outros itens da alimentação humana não só causam um desarranjo intestinal como podem levar à pancreatite, inflamação do pâncreas que pode acabar em morte do animal. #pet #cachorro #gato #alimentação #ahazoupet
Vacinar é a melhor forma de prevenir que seu cachorrinho não pegue doenças (desde as menos sérias até as mais graves). Quando passeiam na rua, nossos peludos estão expostos a todo tipo de doença e parasitas, por isso é importante manter atualizadas as doses de vacina, vermífugo e antipulgas. Converse com seu veterinário de confiança e atualize as dose da vacina 💜! #ahazou #vacinas #consulta #veterinario #cachorros
Você sabe como dividir a ração do seu dog? Olha só que eficiente, prático e ajuda o seu pet a não se sentir cheio logo na primeira refeição. #dog #ahazu #pet #refeicao
A ração acabou e você não tem tempo de vir pegar? Não tem problema nós levamos para você, entre em contato conosco. #AhazouPet #instapet #tosahigiênica #petshop #delivery #petshoponline
Se atente a algumas dicas de segurança para levar o seu peludo na viagem com você. 🐶🚘🐱 - Seu pet jamais pode andar solto no carro, além de ser perigoso para você e para ele, é uma infração de trânsito; - Opte por assentos de carro ou caixas de transporte, são ótimas opções para manter o seu pet seguro dentro do carro; - Caso o seu pet seja grande e não caiba na caixa de transporte ou assento, escolha uma guia com cinto de segurança; - Atente-se sempre à temperatura do ambiente, seu bichinho pode passar muito calor dentro do carro completamente fechado; ❌ Evite dar muita comida para o seu pet antes do passeio, ele pode ficar enjoado e vomitar.
veja mais de 207 posts de Non-Sporting Group disponíveis
sugerir post ou categoria