66 posts prontos de #fritura para suas redes sociais

Novos posts de #fritura toda semana!

Turbine suas redes sociais com os posts do Ahazou
tenha posts ilimitados

posts de #fritura mais recentes

Existem vários tipos de carne e maneiras de prepara-las. Viemos aqui te dar algumas dicas de como preparar frituras. A carne é mergulhada em óleo quente, e fica com muito sabor, suculência e super crocante! Ou seja... irresistível! Confira algumas dicas para essa modalidade: # Opções de carne: bacon, torresmo, barriga suína, linguiça, camarão, cortes de frango e variedades à milanesa # Tempere a gosto! Nem todas as carnes já são temperadas. Mesmo sendo uma carne que será frita, ou com camada à milanesa, o tempero faz diferença sim! # Para facilitar o cozimento da carne, opte por frigideiras ou panelas de fundo grosso # Não adicione a carne antes do óleo estar quente! Para saber o ponto exato você pode deixar um palito de fósforo junto ao óleo que, quando estiver no ponto, o fósforo irá acender e apagar. Não se preocupe, é uma reação rápida! Nesse momento você saberá que é a hora exata para colocar sua carne. Retire o fósforo e coloque a carne escolhida com cuidado. # Deixe fritar de um lado, e depois vire. Evite ficar virando mais do que o necessário, pois sua carne pode ficar ensopada de óleo! # Retire com cuidado e coloque em um papel absorvente para tirar o excesso de óleo. Sirva e.... #APROVEITEMUITO! #ahazoutaste #taste #tasty #gastronomia #carne #meat #meatlovers #acougue #bbq #amilanesa #milanesa #frito #bacon #torresmo #corte #carnevermelha #carnenobre #preparo #dicas #peitodefrango #frango #alcatra #crocante #fritura #camarao #oleo #taste #tasty #empanado

posts de #fritura mais usados

Se você é daqueles que não consegue resistir à carinha do seu bichano pedindo comida, preste atenção nessa lista de alimentos que podem colocar em risco a saúde dos animais. A digestão de cães e gatos é diferente da nossa e “comidas humanas” podem provocar indigestão, intoxicação e outros problemas de saúde. 1. Leite e derivados Como não produzem altas quantidades de lactase, enzima que auxilia na digestão da lactose do leite, cães e gatos desenvolvem intolerância ao alimento. Quando ingerido, o leite pode provocar dores abdominais, náusea e diarreia. 2. Chocolate e doces O chocolate contém teobromina, um derivado do cacau que leva à intoxicação grave e até à morte. Já os doces, ricos em açúcar, não só são calóricos: em excesso, podem tornar os pets obesos e diabéticos. Além disso também são responsáveis por formação de tártaro, cáries e até perda do dente. 3. Cebola e alho Ambos possuem uma substância chamada dissulfeto de n-propil que gera intoxicação grave pois altera a hemoglobina, provocando a destruição de glóbulos vermelhos, além de poder levar à icterícia e perda de sangue pela urina. Caso o quadro não seja tratado rápido, o animal pode falecer. 4. Uvas e passas Não há uma explicação com comprovação científica, mas há relatos na medicina veterinária mostrando cães que morreram após ingerir esse tipo de alimento por falência renal. 5. Café e chá preto Contêm alcaloides neurotóxicos, como as xantinas, que podem significar alterações cardíacas e neurológicas. É importante evitar o acesso do animal às xícaras dessas bebidas que às vezes são esquecidas pela casa. 6. Frutas cítricas e outras As frutas mais ácidas causam problemas digestivos, por isso devem ser evitadas. No geral, as frutas podem ser oferecidas, com cuidado especial para maçã, já que as sementes são altamente tóxicas para cães e gatos, pois carregam um composto conhecido como cianogênico-cianida – com poder de alterar o processo de respiração celular dentro do organismo do animal, causando palidez das mucosas, taquipneia, taquicardia, náuseas, vômito, convulsões e até a morte. Em excesso, as frutas podem engordar os animais por serem ricas em frutose, um tipo de açúcar. 7. Doces dietéticos Aqueles adoçados com xilitol podem causar danos hepáticos e até a morte em cães mais sensíveis. Isso inclui balas, biscoitos, entre outros. 8. Abacate Contém o ácido persin que pode provocar vômito e diarreia no cão. 9. Tomate e batata O tomate verde contém glicoalcalóides que são tóxicos para o cão, e a batata, principalmente a inglesa, é rica em solanina, que pode causar depressão no sistema nervoso central e distúrbios gastrointestinais. 10. Noz macadâmia Tem uma toxina desconhecida que pode afetar os músculos, o sistema digestivo e o sistema nervoso dos cães. Já foram registrados casos de paralisia 11. Massas cruas de pão ou bolo O fermento presente nessas massas resulta em gases no trato digestivo do animal, causando dor e desconforto pela distensão do estômago ou das alças intestinais. 12. Ossos de aves cozidos O cozimento altera a estrutura do colágeno, tornando esse tipo de osso mais duro. Se o animal ingerir, corre o risco de ter uma perfuração gastointestinal, além de trazer dificuldades na digestão. 13. Frituras e alimentos gordurosos Pizza, queijos, batata frita e outros itens da alimentação humana não só causam um desarranjo intestinal como podem levar à pancreatite, inflamação do pâncreas que pode acabar em morte do animal. #pet #cachorro #gato #alimentação #ahazoupet
Assim como todos os tipos de pele, a pele com sardas também necessita de um olhar especial, já que o fato de existir as sardas já torna a pele mais sensível. Alimentação balanceada A alimentação é peça fundamental para o cuidado de qualquer área do corpo e para garantir bem-estar físico e psicológico. Desta forma, não exite em cuidar, procurar um profissional da área de nutrição para elaborar uma dieta específica e evitar alimentos que podem te fazer mal, como frituras e refrigerantes. Uma dica: produtos que contém vitamina C são uma excelente opção para pessoa ‘sardentas’. Filtro solar O filtro solar, além de auxiliar na prevenção, também faz parte dos cuidados diários de quem já possui – ou não quer possuir – as sardas. O sol (em alguns momentos) pode ser um grande inimigo da pele, por isso, o uso do protetor solar é essencial. Lembre-se que não somente para quem possui sardas, esse é um hábito que todas as pessoas devem ter. Como prevenir o aumento das sardas? Você pode seguir dicas simples, como por exemplo: Use filtro solar adequado para a sua pele. É importante procurar um dermatologista e descobrir qual o fator é o certo para a sua pele e como/quando utilizar; Apesar do uso do protetor solar, evite a exposição frequente aos raios solares. Se você já possui sardas, as chances de aumentar são inúmeras; Faça uma boa hidratação diária. Quando a pele está bem hidratada, automaticamente fortalece e renova as células do rosto. Sendo assim, a pele fica mais forte e sofre menos com os agentes naturais (como é o caso do sol); Após o banho, quando a pele ainda estiver úmida, passe cremes específicos para cada área do corpo (onde você tem mais sardas). #sardas ahazouestetica #cuidados #dicas #pele
A inflamação é um processo que normalmente serve como defesa do organismo para combater agentes considerados inimigos, causada pela ingestão de alimentos ricos em toxinas e substâncias pró-inflamatórias, que em excesso, leva ao desenvolvimento de diversos problemas. No caso da ingestão exagerada e constante desses compostos, podemos desencadear o aumento do processo inflamatório da fibromialgia, assim causando mais dores. Os alimentos ultraprocessados, glúten, frituras, carnes vermelhas, leite e derivados, embutidos, ômega 6 (presente em óleos vegetais como o de milho e soja), açúcar refinado e óleos vegetais, são os principais causadores desse processo inflamatório. Me conte como está sua alimentação nos comentários! #saude #health #dica #alimentacao #ahazou #braziliangal #dieta
visualização em grid
veja mais de 66 posts de #fritura disponíveis
sugerir post ou categoria